Base de dados completa, grátis e acessível: Pordata

https://i1.wp.com/3.bp.blogspot.com/_BXgfWRM357g/Siv7EM0NicI/AAAAAAAAVjo/q29kj9M7rRM/s200/antonio_barreto.jpg

“Em 1982, Portugal tinha menos de quatro mil investigadores a tempo integral, em 2008 tinha mais de 40 mil. Em 1986, a dotação orçamental (pública) em Ciência e Tecnologia representa 0,2 por cento do PIB. Em 2008 chegou ao um por cento. Estes dados, entre muitos outros (como o gráfico em baixo), com a evolução da despesa em actividades de investigação e desenvolvimento, são possíveis de encontrar desde esta terça-feira em www.pordata.pt, a primeira grande realização da Fundação Francisco Manuel dos Santos, presidida pelo investigador António Barreto”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s